ASCENSÃO PLANETÁRIA

AMIGO LEITOR!!! Nossa missão aqui é apenas de divulgar a "Ascensão" do Planeta Terra e dos seres que nele habitam. Não temos a menor intenção de impor ou convencê-lo de qualquer assunto aqui tratado. Deixamos claro que não se trata de nenhuma seita ou religião e também não discriminamos ninguém, quer seja por raça, partido, opção sexual ou religiosa. A principal intenção é de informar, ao amigo leitor, sobre temas e assuntos que, em nossa opinião, entendo serem tão importantes e necessários, e que num futuro muito próximo, poderá lhe ser útil. Pedimos apenas que use seu discernimento o máximo que puder, meditando, analisando e, por que não dizer, questionando o que aqui vier a ler…. SEJAM TODOS MUITO BEM VINDOS E FIQUEM NA LUZ !!!

Viagem para Estrelas – Parte II

Deixe um comentário

TRANSCRIÇÃO DE “UMA HORA COM UM ANJO” COM GRENER

 30 de janeiro de 2012


(continuação da mensagem anterior)

 

SB: Obrigado. Eis aqui uma pergunta – eu gostaria de discutir isto com você fora do ar para que nosso tempo não se esgote. Talvez agora eu possa passar a uma pergunta, e ela é que nosso bom amigo Adamu da Mônada Pleiadiana tem dito que a Revelação não acontecerá antes da Ascensão e que as forças presentes de serviço ao outro não são capazes de fazer a Revelação acontecer. Esta é uma estimativa correta?

G: Não. Não é completamente correta. Não se esqueça de que agora há milhões de seres que estão ascendendo. Então é melhor colocar que poderia não acontecer talvez até que a passagem da Ascensão estivesse aberta, mas essa passagem está aberta. E a nossa também está.

SB: Então a… então a mensagem que temos recebido do Arcanjo Miguel, de Sanat Kuramara e de outros de que a Revelação acontecerá – eis aqui o termo terrível – “em breve” é mais precisa do que a mensagem de que não acontecerá antes da Ascensão. Está correto?

G: Está correto. Já está em andamento.

SB: Isso é muito bom.

G: Caso contrário, eu não estaria aqui hoje, agradável como é, eu não estaria aqui tendo esta agradável conversa com você.

SB: Com certeza. Quais são os obstáculos para a Revelação que estamos encontrando atualmente?

G: O maior obstáculo – e ele é um que tentei chamar a atenção de todos em meus comentários de abertura, e que eu gostaria que esta mensagem fosse muito divulgada – é que nós não temos uma agenda agressiva.

Agora, você sabe – e Miguel também se referiu na semana passada a alguns dos, humm…, ajustes de bastidores que têm ocorrido com relação a, humm…, armamentos militares. Agora, vamos voltar ainda mais. E, a propósito, sempre houve observadores do seu Conselho de Segurança Nacional como parte de sua delegação terrena. Então, não se trata que eles não estejam cientes do que está se passando e não estejam totalmente envolvidos também.

Há setores de sua sociedade que estão se entrincheirando na convicção de seu poder. E esse poder, e como eles têm manipulado padrões de pensamento e padrões emocionais, é exercido através do medo. Então o melhor exemplo disto é se vocês voltariam à guerra fria em que havia atrito e tanto medo de que uma ogiva nuclear fosse jogada no seu prédio escolar se não se aderisse a determinadas coisas. E este foi um jogo muito popular e muitos, muitos participaram dele.

Agora, aqueles que têm esse tipo de poder – e às vezes é militar, às vezes é financeiro, esses são os dois maiores obstáculos – e eles não querem abrir (mão) do que eles pensam que ainda têm. Agora, a ironia nisto é que eles pensam que ainda têm. E porque eles pensam que têm, eles também são capazes de ludibriar os outros para pensar que eles têm. Este verdadeiramente não é o caso.

Agora, eu não tenho o desejo de criar medo ou situações ameaçadoras, porque o que acontece – e não importa se é em Sirius ou na Terra – as pessoas se tornam reativas, defensivas. Então esta é a última coisa que nós queremos fazer.

Os que estão no poder se agarram. E agora você pode dizer – você tem uma expressão, agarrando com as unhas ou até o último momento, e é exatamente isto que está acontecendo. E é por isso que nós estamos abrindo os caminhos. Você acha que você – e eu sei, querido irmão, que você – está ansioso, excitado e quer esta abertura. Mas nós também queremos. Nós queremos ajudar, nós queremos observar, nós queremos ver o que você construiu que se parece com amor.

Sim, há mudanças dimensionais e mudanças de paradigmas, mas o que nós realmente queremos testemunhar e participar onde formos bem-vindos, é ver como vocês constroem com amor. Porque isto é um modelo. Isto estará mudando muitos universos.

Então os obstáculos, os maiores obstáculos simplesmente são esses – e é um obstáculo humano – que estão agarrados a falsas ilusões de seu próprio poder, ou o poder de sua nação, uma crença má orientada de que há fantasmas atrás de todos os arbustos e que se deve se defender até a morte.

Este é um estilo de vida fora de moda e antiquado. E mais importante, nem é um bom estilo de vida. Não é um estilo de vida alegre.

A falta de alegria, o peso desses sistemas de crença, é o que tem abreviado o tempo de vida humana. Vocês não foram constituídos para durar apenas algumas décadas! Então, esses obstáculos podem ser espanados como poeira e podem ser espanados pelo compartilhamento de provas concretas, sim, mas também pela ancoragem do entendimento.

SB: Certo, obrigado. Antes de continuar com as perguntas – não quero esgotar o tempo e me esquecer de lhe fazer estas perguntas muito curtas – quanto tempo as pessoas ficarão ausentes? Você estimaria em quantos dias?

G: Não se esqueça de que nós viajamos muito rápido!

SB: Eu verdadeiramente estou ciente disso. (riso)

G: Agora, nós (?) para que haja uma acomodação, porque há muitas considerações físicas que precisam ser levadas em conta. Mas não, vocês não se sentirão mal com a viagem espacial. Isto será providenciado. Estamos providenciando isso há muito, muito tempo. Vocês podem considerar que leve cerca de dez dias.

SB: Dez dias? Certo. E o que eles precisam levar com eles?

G: A escova de dente. É uma brincadeira. (riso)

SB: (riso) O quê… o que mais?

G: Não precisam levar muita coisa. E a escolha será bem mais rápida. Então entenda isto também. Levem o que lhes é significante. Apesar de você saber que nós temos ferramentas de comunicação, tragam as suas. Sim, elas funcionarão a bordo, seja um diário ou um Ipad ou uma câmera.

Mas também tragam aquelas coisas que lhes trarão conforto, porque vocês estarão num ambiente estranho. Agora, a nave é muito confortável, isso quero lhe garantir. Mas vocês estarão em um ambiente muito diferente. Será incrível. Será fenomenal. Mas será estranho.

Então tragam o que lhes dá conforto. E se for seu pijama de flanela, traga-o; se for seu ursinho de pelúcia ou seu rosário, traga. Tragam o que lhes conforta e tragam fotos de sua família.

SB: Certo. Precisamos levar troca de roupa para 10 dias ou… como…?

G: Não, nós temos meios de higienizá-los enquanto passam por uma porta.

SB: Certo, isso é muito bom. E como devemos ir vestidos – informalmente ou mais formalmente?

G: Nós… o… o que vocês descobrirão a bordo da nave é que nós costumamos usar uniformes, mas quando não estamos em serviço, nós costumamos estar muito informais. Trata-se de conforto, então nada de ternos, nada de gravatas. Tragam um blusão de moletom, tragam roupas confortáveis e tragam o que vocês chamam de tênis de corrida.

SB: Você está descrevendo meu traje preferido, então está ótimo para mim. E como eu lhe transmito os nomes dos 20 ou um pouco mais, porque eu antevejo que receberei algumas ligações provavelmente nesta noite de umas poucas pessoas, como eu lhe transmito os nomes?

G: A que ponto você quer que isto seja público? E não quero suas casas ou seus lares sendo incomodados. Envie para Linda.

SB: Mando para a Linda? Quais as preparações você gostaria que fizéssemos? Ou – nós não nos comunicaremos com vocês antes da semana que vem.

G: Sim, comunicarão sim.

SB: Como assim, Grener?

G: Você estará falando conosco. Mas, sim, …

SB: Certo.

G: Quando fizer os preparativos, não se preocupe com as pessoas sendo escolhidas. Contanto que elas sintam que estão preparadas para – a transmissão, no sábado, é o que planejaremos.

SB: Certo. Certo, essa…

G: Então, a reunião de nossos hóspedes acontecerá no sábado.

SB: Certo. E eu presumo que você está com tudo isso sob controle. Nós não temos que nos preocupar com os detalhes.

G: Nós temos competência, nós temos o serviço de limusine. Ela se chama bicicleta espacial.

SB: Certo. Legal! Qual a forma delas? São parecidas com pequenas naves?

G: Sim, isso está correto.

SB: Certo. Bem, isto é muito excitante. Isso é muito, muito excitante. Tudo bem, eu – nós ainda temos 10, 15 minutos, e talvez eu possa lhe fazer algumas perguntas que os ouvintes enviaram, se estiver tudo bem.

G: Eu ficaria honrado.

SB: Certo. Antes de tudo, o prazo final divino para a Revelação já terminou?

G: Ah, sim. Já terminou há um bom tempo.

SB: Então não significou que automaticamente você se revelaria. Então qual é o significado do (prazo) divino, já que ele expirou? No que resultou a expiração?

G: Resultou em nós formularmos um plano em que nós seríamos capazes de fazer progredir o que nós consideramos que os seres humanos fariam por conta própria. Então você está testemunhando parte disso esta noite. O que isso fez foi realizar uma injeção de energia diferente, talvez mais positiva, para garantir que isso viesse a acontecer.

Nós realmente não nos importamos com os políticos, porque não são políticos que sentam à mesa de nosso Conselho. Ou não os políticos da laia que vocês consideram os políticos. Nós não nos importamos muito e o Divino não se importa se são os políticos que anunciam o que já é muito bem conhecido. 

O que nos tem importado é que eles, de fato, criariam e espalhariam medo, e então isto seria de outro modo. Se a Revelação fosse feita, eles diriam: “Estes são os nossos inimigos e nós temos que ativar nossas forças militares para combater aqueles que vieram para nos governar.”

Agora, de maneira ideal, nós queríamos aqueles que nós respeitamos como chefes, os oficiais eleitos de diferentes países – seu G-20 – se apresentarem e dizerem: “Nós temos um anúncio magnífico a fazer“, e que fosse feito de uma forma muito unificadora. Mas este poder oculto, este desejo de manter o poder com silos de mísseis e controle monetário entrou no caminho.

Mas o Divino sempre tem um jeito de nos ajudar. Eles sempre definem caminhos diferentes. Contanto que não crie medo. Porque nós viemos em amor. Esta é a promessa que fazemos não somente para a Trindade como para nós mesmos. Esse é o nosso voto e nós operamos sob ele.

SB: Certo. Obrigado –

G: Há muitas espécies, muitas galáxias, mas o nosso voto é unificado.

SB: Isso me leva para a próxima pergunta. Ao invés de fazer as perguntas uma a uma, vou lê-las e você pode respondê-las coletivamente.
Alguns ouvintes querem saber quantas naves estão ao redor da Terra atualmente, por que elas não podem ser vistas. Todas elas são tripuladas com humanos galácticos? E por que a Ascensão é de tanto interesse para os outros?

G: Bem, a determinada altura – Eu não quero sobrecarregar você, mas – há níveis, camadas de naves. Vocês não podem ver todas elas, mas vocês veem muitas delas no seu céu à noite. Há – quando nós juntamos o que chamaríamos de naves mãe com naves científicas, naves de cura, as pequenas naves de exploração, o que você considera bicicletas espaciais – ah, nós temos milhões de naves. Agora, acima, bem diretamente acima? Na distância de alcance? Nós teríamos cerca de, ah, 16.000.

Nós estamos em constante rodízio, enquanto que há algumas que nunca chegam tão perto. Elas são tripuladas pelo que vocês consideram humanos, humanos galácticos. Eu mesmo sou Hussian (sp?), mas pareço humano. Todos nós parecemos humanos. E certamente neste momento –

SB: O que Hussian…? O que significa Hussian, Grener? O que você…

G: Hussian é uma raça antiga. É uma raça antiga. Você a conhece, você simplesmente não sabe disso. Nós parecemos, nós temos a tendência de parecer – apesar de na forma humana, na forma humanoide, com felinos.

SB: Tal como –

G: Como Hathor.

SB: Como Hathor? Certo. Obrigado.

G: Então, há muitos de nós. E sim, nós todos pareceremos familiares. Agora, aqueles de vocês que virão nos visitar, terão opções de ver muitos tipos diferentes de alienígenas. Mas a maioria de nós parece muito humana. Vocês são um pouco mais altos, talvez um pouco maiores. Mas não significantemente diferente.

SB: Será-nos permitido gravar em vídeo e tirar fotos?

G: Sim.

SB: E nós deveríamos adquirir gravadores e câmeras? Ou você tem equipamento a bordo que –

G: Ah, nós temos muito equipamento que podemos emprestar e dar a vocês, na verdade. Então vocês podem trazer o equipamento também de volta com vocês e que dará a eles algo para olhar, não é?

SB: Ah, sim. Realmente dará. E seria compatível com o nosso equipamento aqui?

G: Sim. Nós podemos fazer esses ajustes. Não temos problema para fazer isso.

SB: Pelo pensamento?

G: Não, pela tecnologia. Nós lhes daremos o que vocês consideram adaptadores.

SB: Certo. Nós estaremos na terceira dimensão, na quinta dimensão, sétima dimensão, décima primeira dimensão?

G: Vocês não irão para a décima primeira dimensão. Nós não iremos – é muito improvável que iremos além da sétima. Mas também parecerá e vocês terão uma experiência, uma experiência física tridimensional, mas ela mudará e vocês saberão como é estar na quinta ou na sétima. Ou na sexta, até o ponto que interessa.

SB: Agora, um dos membros da nossa equipe diz que precisaríamos tomar uma pílula, e eu sei pelas minhas leituras dos planos astrais que se uma pessoa viajar além, ela é colocada em uma cobertura protetora, etc.. Há algum procedimento como esse que seria realizado para nos permitir estar na quinta ou sexta ou sétima dimensão?

G: O que fazemos é posicioná-los na – primeiro nós os sintonizamos nas câmeras de cura, e garantimos que tudo está em alinhamento para que vocês não sofram quaisquer efeitos físicos. Vocês se sentiriam um pouco, às vezes, aturdidos. Mas nós podemos ajustar isso também.

Na direção que vocês precisam. Nós não temos o desejo que qualquer um de vocês experimente um momento de mal-estar.

SB: Certo. Obrigado. Há alguma coisa que eu não lhe perguntei que as pessoas que irão nesta viagem deveriam saber?

G: Sim. Porque tenho visto em minhas próprias forças, como eu disse. Eu era o comandante. Agora, quando vocês estão para embarcar numa missão, se for de um dia, uma hora ou de milhares de anos, vocês ficam nervosos. Vocês ficam um pouco impacientes e talvez até um pouquinho amedrontados. Apenas respirem. Nós jamais faríamos alguma coisa que poria você, ou qualquer um de vocês, em risco. É uma viagem de passeio. Literalmente. Isto é algo que não fazemos há milhares de anos! (risos)

SB: E para os nossos ouvintes, quando você diz respirem, respirar realmente interrompe os padrões de medo, certo? Pela expansão do peito?

G: Sim.

SB: É por isso que você nos diz para respirar?

G: Mantenham-se respirando. E nós sempre gostamos do halion, o azul escuro e o dourado. Se estiverem assustados, peçam para Miguel vir junto. Ele virá.

SB: Maravilha. Obrigado, Grener. Estamos esperando ansiosamente por nossa viagem e com muita expectativa. Obrigado por vir hoje e por falar conosco.

G: Obrigado por me receber. Até logo.

SB: Até logo.

(FIM)

Fonte da mensagem original aqui
_______________________________________________________________________________________________

Tradução: SINTESE para os Blogs SINTESE e DE CORAÇÃO A CORAÇÃO

http://blogsintese.blogspot.com/
http://stelalecocq.blogspot.com/ 

Por favor,  Respeite os Créditos 

Anúncios

Autor: Gerson

Este blog foi criado com a intenção de apresentar a ascensão da Mãe Terra e dos seres que nela habitam

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s