ASCENSÃO PLANETÁRIA

AMIGO LEITOR!!! Nossa missão aqui é apenas de divulgar a "Ascensão" do Planeta Terra e dos seres que nele habitam. Não temos a menor intenção de impor ou convencê-lo de qualquer assunto aqui tratado. Deixamos claro que não se trata de nenhuma seita ou religião e também não discriminamos ninguém, quer seja por raça, partido, opção sexual ou religiosa. A principal intenção é de informar, ao amigo leitor, sobre temas e assuntos que, em nossa opinião, entendo serem tão importantes e necessários, e que num futuro muito próximo, poderá lhe ser útil. Pedimos apenas que use seu discernimento o máximo que puder, meditando, analisando e, por que não dizer, questionando o que aqui vier a ler…. SEJAM TODOS MUITO BEM VINDOS E FIQUEM NA LUZ !!!

Mensagem de Jesus – “Alguns de vocês – e ouçam isto bem – são na verdade ET’s”

Deixe um comentário

HOLOGRAMAS, REALIDADES E ET’s

Uma mensagem de Jesus/Jeshua, canalizada por Judith Coates

10 de Abril de 2012 

 

 

 

Amados, mais uma vez iremos falar dos hologramas e das realidades – com “r” minúsculo – da ilusão que vocês estão vivendo, e falaremos sem julgarmos, mas com discernimento do que é a sua crença em relação à realidade, e como podem mudá-la. Iremos sugerir enfaticamente que vivam na alegria. É um livre arbítrio, assim vocês podem muito bem escolher serem felizes.

Por exemplo, apenas por diversão, expandam o seu holograma, expandam o que vêem como a sua realidade. Levem-na de volta ao Big Bang, quando o mundo físico foi criado. E então, se ousarem, imaginem antes do Big Bang. O que havia antes? Porque houve um antes, embora estivesse fora do tempo. Permitam que isto seja também parte do seu holograma.

Expandam o seu holograma. Levem-no até onde possam imaginar: sintam, criem para si mesmos o holograma que a Tudo absorve. E quando tiverem feito isto no que parece como o passado, expandam-no para o futuro. O que querem ver em seu holograma do futuro? Vejam como ele pode ser expansivo. Pode ser qualquer coisa que queiram que ele seja.

Isto é o que eu vi naquela noite no Jardim do Getsêmani. Eu vi que a cruz não era o final de tudo. Eu a vi como parte do processo da vida humana e o processo de mostrar que o corpo é uma criação de sua divindade, de sua Mente divina – com “M” maiúsculo. Eu me vi ascendendo, vivendo, até com moléculas físicas, durante anos após isto e tendo os relacionamentos com irmãos e irmãs, porque eu gosto da amizade, eu aprecio os relacionamentos com irmãos e irmãs. E eu fiz isto pelo que chamamos mais de seiscentos anos, até que finalmente foi o momento de permitir que o corpo que eu tinha criado, re-criado, fosse para a Luz que é a sua divindade.

Mas há mesmo momentos em que eu ainda re-crio, por um curto período de tempo, ou por um tempo mais longo, um corpo para entrar em sua vida, para estar próximo de vocês e lhes perguntar:

 “Como vão vocês? Vocês parecem estar lutando com alguma coisa.”

Ou apenas para sorrir e dizer: “Tudo ficará bem.” Eu tenho feito isto com vocês de vez em quando. Quando vocês estiveram passando por algo e alguém se aproximou – talvez vocês o conhecessem, ou talvez não – e eu falei através dele ou criei um corpo momentaneamente para lhes dizer: “Tudo irá dar certo”.

E vocês se lamentaram, choraram, gritaram a sua frustração ao céu de tempos em tempos, quando se sentiram desolados, abandonados. Um pouco deste sentimento de abandono remonta à própria crucificação, ao tempo em que sentiram que eu os tinha abandonado. Mas eu nunca posso abandoná-los. Estamos unidos como Um no nível divino. Vocês nunca podem estar onde não estou. Estou sempre com vocês.

Expandam o seu holograma. Levem-no de volta até antes do Big Bang.

Como isto seria?

Vocês podem imaginar a amorfia?

A Mente, apenas a Mente?

Apenas ser?

Porque houve, fora do tempo, um tempo em que apenas imaginaram, apenas Eram.

E então, a sua próxima questão foi: “O que eu posso criar?” Como vocês são uma extensão do Princípio Criativo, naturalmente, vocês iriam criar, e assim criaram as mais belas formações. Até neste dia e hora, quando olham para o que chamam de natureza e observam as belas formações, o fluxo de uma cachoeira, as formações rochosas, as samambaias, as clareiras que são verdes e que brilham com o orvalho da manhã. Vocês olham para o pôr-do-sol, cada um diferente do anterior; vocês criam. E se tiverem olhos para ver, isto irá alegrar o seu coração.

Permitam-se colocar toda esta beleza em seu holograma e saibam que realmente isto é criação sua. Será que a cachoeira existiria se vocês não estivessem lá para contemplá-la? Boa pergunta. Divirtam-se com esta pergunta. Vocês virão com uma resposta. Estará a resposta certa? Naturalmente ela estará certa, porque na verdade, não há certo ou errado: apenas há.

Então, permitam-se expandir o holograma e o levem ao futuro. Enquanto estiverem atraindo a respiração, irão entrar no que chamam de futuro pessoal, a criação do seu futuro. E depois que deixarem de respirar, ainda serão. Vocês ainda serão consciência, e muitos ficaram surpreendidos:

“Eu ainda estou vivo! Eu ainda tenho e sou consciência.”

E vocês se perguntaram:

“Como pode ser isto? Eu pensei que tudo terminava e fosse para o céu, ou talvez para algum lugar depois que eu deitasse o meu corpo, mas ainda estou vivo.”

Claro que vocês estão ainda vivos. Estiveram sempre e estarão expressando a divindade e a experienciando. Assim, expandam o seu holograma. Permitam-no ser tão expansivo quanto possam imaginar, e então no dia seguinte, divirtam-se com ele novamente e vejam se podem estendê-lo um pouco mais. E quando fizerem isto, vocês chegam ao espaço em que compreendem: “Estou expandindo, estou criando, estou absorvendo a minha consciência, a minha percepção, mais e mais de quem e o que eu sou. E se eu estou fazendo isto, ei, eu não sou apenas um pedaço pequeno e maçante do mundo fisco. Eu devo ser poderoso; não como o mundo define o poder, mas devo ser poderoso no sentido divino de criar”. E vocês são.

No holograma expandido vocês irão se lembrar de vidas em que não estavam na sagrada Mãe Terra. Irão se lembrar de existências em que estiveram em outras constelações estelares e planetas, em outros corpos celestes, onde eram um corpo celeste. Sua forma pode ter sido inteiramente diferente. Na verdade, era diferente do que vocês evoluíram na sagrada Mãe Terra.

Houve existências – e eu chamarei qualquer forma de encarnação que a sua divindade criativa lhes permitiu, eu chamarei a isto de vida, seja ela longa ou breve – onde vocês foram cristal líquido no pensamento, fluindo, ou onde foram uma forma densa, como as montanhas.

Houve existências em que foram muito, muito altos, com ombros muito largos, ou que pareciam parte animal, parte humano, como vocês têm agora no que são chamadas de lendas mitológicas.

Vocês foram todos os seus seres lendários. Vocês foram o unicórnio. Foram aquele que era parte do sexo feminino e parte peixe – a sereia. Vocês foram tudo que está em suas histórias lendárias. Caso contrário, isto não ressoaria com vocês. Não estaria em sua lembrança intelectual.

Vocês foram tudo o que possam imaginar. Foram a mais minúscula flor alpina.

Foram a gigantesca árvore sequóia, vivendo centenas de anos e observando os pequenos humanos correndo por aí, fazendo o que eles pensavam ser muito importante, enquanto vocês apenas continuavam vivendo como a gigantesca árvore sequóia. Vocês foram a mosca da fruta que vive por um dia aproximadamente, e naquele dia vocês viveram toda uma existência.

Assim, permitam-se saber que isto não é tudo o que existe. A forma humana funciona nesta realidade, de modo que possam falar com os irmãos e irmãs e eles possam compreendê-los e se relacionarem com vocês. Eles não têm medo porque vocês parecem estranhos.

Vocês têm entre vocês aqueles que vieram de outras constelações estelares, não da Terra, mas além da Terra. Vocês os chamam de ET’s, extraterrestres, e eles estão entre vocês agora. Alguns deles assumiram a forma humana, de modo que não tentem suprimi-los. Talvez vocês os ouçam.

Alguns de vocês – e ouçam isto bem – são na verdade ET’s. Agora, eu sei que isto os inquieta. Isto é bom. Alguns de vocês – na verdade, a maior parte de vocês que está lendo esta mensagem – são os ET’s na forma humana, porque não querem assustar os irmãos e irmãs, mas querem ser capazes de falar com eles da vida sobre outros corpos planetários, e querem lhes permitir compreender que há vida em outros lugares.

É arrogância tola, orgulho, pensamento egoísta dizer que há somente vida na sagrada Mãe Terra. Vocês não são – como humanóides que são – a única vida inteligente. Em verdade, há alguns dos seus seres de quatro patas que desafiariam esta afirmação. Eles têm mais inteligência, mais amor para dar livremente do que as formas humanas.

Vocês estão aqui porque tiveram vidas em outros corpos planetários e são os ET’s. É por isto que comecei esta mensagem falando-lhes de expandirem o seu holograma e levá-los de volta tanto quanto possam imaginar e se aceitarem como sendo mais do que se conhecem nesta vida.

Como é isto?

“Bem, interessante… Hum, eu terei que participar disto por algum tempo. Eu pensei que era apenas humano. Pensei que já tinha o suficiente com que lutar, e agora ele está me dizendo que há mais para mim do que eu pensei que houvesse?”

Sim, quando se fala sobre os ET’s entre vocês, vocês sabem disto. Podem senti-lo como uma verdade em seu ser. Isto não significa que vocês irão mudar de forma imediatamente e terem olhos esbugalhados e o rosto muito longo, um grande pescoço, o corpo magro, etc, que foi colocado na sua tão chamada ficção. Vocês irão manter a forma que é aceita, mas a sua consciência de si mesmos está mudando, expandindo-se.

Saibam que é por isto que vocês sentiram desde que eram crianças que esta sagrada Mãe Terra não era o seu lar, onde muitas vezes sentiram que não se adaptavam perfeitamente. Vocês se esforçaram para ser como o resto, mas havia algo um pouco diferente sobre si mesmos. Não sabiam o que era, e ninguém mais também, porque eles não eram suficientemente sábios. Eles não tinham expandido o seu holograma.

Mas, como estão expandindo o seu holograma e se permitindo entreter com a idéia de que talvez vocês sejam muito mais do que pensavam, muito mais do que os pais, os avós, os colegas, já disseram que vocês são, pois vocês permitem que o holograma se expanda e compreendem que são verdadeiramente ET’s, então tudo muda da maneira como vocês encaram as coisas. Vocês começam a se ver sob uma nova luz, uma luz mais expandida, e começam a convidar outros ET’s para se tornarem conhecidos a vocês.

A sagrada Mãe Terra é maravilhosa. Eu tive muitas vidas em que apreciava a sagrada Mãe Terra e tudo o que nós criamos. Pois, na verdade, nós criamos – como os ET’s que vocês estão se entendendo ser – nós viemos e unimos a nossa Luz para formar a sagrada Mãe Terra. Ela é um ser de Luz feita de nossa Luz a partir de muito, muito tempo atrás.

No início, ela não tinha a forma de agora. Houve um tempo, até os seus cientistas lhes dirão, em que a atmosfera e o que é chamado de terra firme agora, não era tão firme. Era mais vapor e luz – era nebulosa, talvez vocês poderiam chamá-la. E nós tornamos a Mãe Terra mais e mais densa. Nós usamos a nossa Luz, a nossa criatividade, e a trouxemos à forma, e permitimos que ela se solidificasse mais e mais, de modo que pudéssemos então colocar as nossas vibrações nos mares e na terra firme para vivermos.

Inicialmente, éramos seres de Luz, vivendo na Luz. Mas então houve um pensamento para trazer à densidade, para tornar mais firme a Luz, para alterar o nível vibracional. É isto verdadeiramente o que fizemos.

Agora vocês estão começando a compreender os níveis vibracionais. Vocês podem sentir a vibração. Vocês caminham em uma sala, e se aqueles naquela sala estiverem felizes, vocês podem sentir esta vibração. É uma sensação boa e vocês querem ficar lá. Ou podem entrar em uma sala, onde as pessoas estiveram se sentindo muito deprimidas, julgando-se e aos outros, discutindo talvez, e vocês podem sentir esta vibração e assim que têm oportunidade, saem.

Assim, vocês conhecem o nível vibratório. Não é algo que seja apenas um termo intelectual. É algo que vocês sentem, algo que conhecem interiormente. E isto está mudando.

E com a mudança vibratória tem havido muitas questões sobre outras formas de vida. Há muita especulação sobre os ET’s e como eles podem ser estranhos, tem havido questões sobre se eles irão ou não visitar a Terra, ou se já a visitaram, e sobre qual a tecnologia que lhes dizem respeito, e que eles os levarão de volta ao seu planeta natal. Bem, eu lhes digo, enquanto expandem o seu holograma, que vocês irão compreender que o seu planeta natal é o seu planeta, também. Ele foi e pode ser novamente, porque há sempre o livre arbítrio depois que vocês liberam determinada forma, conhecida como corpo humano.

Há o livre arbítrio, assim vocês podem ter amizade com a energia vibratória dos ET’s mesmo agora. É isto que vocês estão fazendo quando entram em ressonância com outros. Vocês entraram em um grupo de “pessoas de mentes afins” e se sentem no lar. É porque vocês estão com aqueles que conheceram em outros corpos planetários.

Divirtam-se com as idéias que eu sugeri. Divirtam-se com as idéias sobre expandir o seu holograma tanto quanto possam imaginar, mesmo antes do Big Bang. Imaginem como seria ser apenas Mente; não ter qualquer forma encarnada. Como seria fluir sem esforço? Como seria expandir a Mente em sua forma energética e saber que vocês são energia na forma, e como usariam esta energia?

Que tipo de tecnologia é necessário para fazer uma nave espacial? Naves espaciais são energias aglutinadas, mas vocês já sabiam disto. E como vocês já sabiam disto? Porque vocês já estiveram em naves espaciais, e eu não estou falando que vocês foram abduzidos e levados contra a sua vontade. Estou falando que verdadeiramente vocês conheceram as viagens espaciais. De onde viria esta idéia se não fosse verdade? Deixem que isto ressoe por um momento.

Toda a sua ficção científica – não é ficção, e não é exatamente científica também – vem de uma lembrança de uma verdade – “v” minúsculo – que vocês experienciaram, que vocês criaram. Divirtam-se com a expansão de sua própria consciência para saberem que a razão pela qual não se sentiram exatamente no lar aqui, é porque são de outro mundo, são ET’s, são aqueles que foram corajosamente onde outros nem mesmo sonharam em ir, e os que ousam sonhar estão aumentando em número.

Agora, eu lhes falei de uma forma muito simples, e vocês estão preparados para ouvir. Vocês pediram para ouvir isto. Vocês queriam saber:

“Por que me sinto deslocado?

Por que tenho sentimentos que não posso explicar?”

É porque vocês ultrapassam o que é conhecido como humano. Vocês são ET’s. Despertem e vivam. Esta é a incumbência que lhes dou: despertem e vivam a sua divindade em toda a sua história criativa e diversidade. Expandam o seu holograma, a sua realidade, até que conheçam a sua Realidade, como eu conheci a Minha.

Que assim seja.

 

 

 

 

 

 

Traduzição: Regina Drumond Chichorro –  reginamadrumond@yahoo.com.br

 

Direitos Autorais 2012 Universidade Oakbridge. O material de Oakbridge é protegido por direitos autorais, mas gratuito para qualquer pessoa que queira usá-lo, contanto que os créditos apropriados sejam listados, incluindo o nosso endereço: www.oakbridge.org
http://mensagensgalacticas.blogspot.com 

Anúncios

Autor: Gerson

Este blog foi criado com a intenção de apresentar a ascensão da Mãe Terra e dos seres que nela habitam

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s