ASCENSÃO PLANETÁRIA

AMIGO LEITOR!!! Nossa missão aqui é apenas de divulgar a "Ascensão" do Planeta Terra e dos seres que nele habitam. Não temos a menor intenção de impor ou convencê-lo de qualquer assunto aqui tratado. Deixamos claro que não se trata de nenhuma seita ou religião e também não discriminamos ninguém, quer seja por raça, partido, opção sexual ou religiosa. A principal intenção é de informar, ao amigo leitor, sobre temas e assuntos que, em nossa opinião, entendo serem tão importantes e necessários, e que num futuro muito próximo, poderá lhe ser útil. Pedimos apenas que use seu discernimento o máximo que puder, meditando, analisando e, por que não dizer, questionando o que aqui vier a ler…. SEJAM TODOS MUITO BEM VINDOS E FIQUEM NA LUZ !!!


Deixe um comentário

Elohins: “Deem amor e terão amor”

 

 

“Elohins – Sobre a morte em massa dos cães de rua”
 
 
Estamos na vibração mais pura do Amor, vibramos nesta frequência. Mas, apreciamos também vosso estado de ódio porque quando vocês manifestam o ódio demonstram o quanto ainda conseguem amar.
 
Vinícius: Gostaria que falassem a respeito do evento que atualmente está chocando a muitas pessoas no país, a morte de tantos cachorros de rua.
 
Elohins: Tem certeza de que deseja que falemos a respeito?
 
Vinícius: Sim!
 
Elohins: Então, respire fundo e relaxe para que a sua ansiedade em relação ao assunto não interfira na “conexão”.
 
Todos vocês foram criados para amar. Toda centelha divina, toda consciência expandida da fonte foi feita na medida do Amor. E não há nada que vocês façam que não esteja fundamentado nisso. Há sim, uma maneira, digamos que, distorcida ou contra o fluir natural e o chamado da Fonte, de expressarem o que seria o Amor. Entretanto, tudo o que vocês fazem tem a vibração do Amor. Uma vez que tudo o que existe foi projetado por essa essência, logo, tudo o que vibra no Universo é Amor.
 
Vocês estão falando muito ultimamente sobre o acontecido. Vemos vocês, em sua maioria, revoltando-se quando é comentado o assunto. Sentimos o quanto vocês se indignam ao saberem o que houve e como vocês se sentem mal ao se depararem com tais eventos, que vocês chamariam de ruins, monstruosos e desumanos.
 
No entanto, ao contrário do que muitos pensam e esperam, não estamos apanhando as pedras mais pontiagudas da Cidade de Luz para juntos, atirarmos contra esse sujeito, aparentemente “responsável” pelo desencarne brusco, repentino e em massa desses animais.
 
Nós não faremos isso porque não estamos revoltados. Não estamos indignados contra esse sujeito ou contra esses sujeitos. Não estamos odiando-o. Não estamos desferindo contra ele a incapacidade da conexão com a Fonte em meio ao caos. 
 
Não oferecemos a ele uma vibração de hostilidade, de raiva, tampouco de juízo e perversidade. Estaríamos, agora, dentro de nossa analogia das pedras citadas a pouco, colhendo flores e não pedras… Não tema, amigo “canal”, ao traduzir essas palavras, apenas deixe fluir.
 
Vocês ainda não compreendem, mas, apreciamos o que o ocorrido está gerando. Porque em muitos anos, no Brasil, não houve sequer um gesto bom e nobre que movesse tanto a força do Amor como as atitudes, “erradas”, desse homem está movendo.
 
Não houve em vossas campanhas, em vossos protestos, em vossos esforços a favor desses pequeninos um mover de Amor como está havendo agora, devido ao ocorrido. Não odiamos esse homem, antes, apreciamos a sua falta de conexão que o levou a cometer os atos que cometeu, que, embora hostis, estão promovendo e sacudindo-vos para o Amor.
 
Vocês escolheram aprender pela dor, a amar pela dor e a sentir e assumir o Bem pela dor e estão, de fato, recebendo exatamente assim.
 
O que vocês dizem sentir não é amor. O que vocês afirmam viver não é o amor. 
 
Vocês estão afastados demais de vosso Eu para compreenderem aquilo que estamos dizendo agora. Vocês estão, em sua maioria, desconectados de Deus de tal maneira, que um acontecimento como esse, claramente, revela o quanto estão longe da essência divina do Amor.
 
Vocês são capazes de amar acima de todas as coisas, porém, escolhem abraçar a revolta e o descontentamento com as atitudes alheias. Vocês optam por negar Deus em si mesmos diante do fato ocorrido e se afundam em indignações, ódio, desejo de vingança e de fazer o mal contra esse sujeito.
 
Vocês ainda não compreenderam o grande objetivo por trás de tudo isso.. 
 
Porque estão tão imersos nessa realidade confusa em que vivem, que não se dão a capacidade de enxergar que tudo é muito mais do que conseguem ver. Vocês, por causa de vosso julgamento presunçoso contra este que é parte da mesma fonte que vocês, não conseguem olhar com os olhos de Deus e contemplar no ocorrido, a grande obra divina do Amor.
 
Vocês julgam! Vocês estão atirando pedras, desferindo ao tal “responsável” palavras hostis e de vibração oposta a quem realmente são como: “Monstro” e “Demônio”. Vocês estão fazendo o contrário do que os pequeninos de quatro patas esperam e desejam que façam agora. Vocês estão querendo curar o ódio e a ignorância oferecendo aos “responsáveis” a mesma coisa.
 
Quem pensam que são para julgarem e oprimirem aqueles que agem conforme sua ignorância humana momentânea? Se vocês se acham dignos de se sentarem sobre a razão, então, responda-nos: Acaso, não fazem vocês a mesma coisa?
 
Por acaso, em algum momento de vossas vidas em corpos físicos, vocês não agiram tão covardemente quanto afirmam que este sujeito agiu? Vocês falam como se nunca tivessem ferido alguém, como se nunca tivessem atirado pedra em alguém, como se nunca tivessem cometido um ato de violência, seja contra um animal, seja contra um ser humano ou contra vocês mesmos.
 
O que estão cometendo quando se negam a aceitar a verdade plena de vosso espírito? Violência.
 
O que estão cometendo quando agridem a natureza, e dela retiram recursos de forma ignorante para satisfazerem seus caprichos e luxos? Violência.
 
O que vocês estão cometendo quando adotam a um desses pequeninos, sob vossa vaidade, afirmando que cuidarão, zelarão e darão a ele amor, e não se atentam às suas reais necessidades? Quando não se preocupam com seu bem estar, deixando-os amarrados em correntes, trancados em canis, sem o sabor divino da liberdade, sem o afeto merecido e necessário para o desenvolvimento psicológico de sua natureza? Estão cometendo Violência.
 
O que estão cometendo quando têm filhos, seja de forma natural ou por adoção, e os agridem com palavras, com atitudes ou com gestos? Violência.
 
O que estão cometendo quando desprezam vosso semelhante, na arrogância de se acharem superiores, maiores e melhores do que eles? Violência.
 
Vocês se focam demais nos fatos e se esquecem dos frutos. Vocês julgam por proporção e nós observamos a intenção. Não ouvimos suas palavras, seus pensamentos e nem suas ideias sobre a vida. Ouvimos e sentimos vossas intenções e dizemos: Elas chegam a nós de forma tão violenta quanto vocês julgam os atos desse sujeito.
 
Vocês vivem se violentando interiormente. Violentam seu próximo, seus filhos, sua natureza. Despejam ódio e juízos quando, nesta hora, poderiam estar dispensando abundantemente a ele (o responsável) o Amor. Pois essa era a intenção dos pequeninos envolvidos ao aceitarem fazer parte dessa experiência em massa que teve apenas um intuito: Demonstrar-lhes o Amor.
 
Esse sujeito certamente irá arcar com as consequências de seus atos e apreciamos e respeitamos vossas leis. No entanto, não se esqueçam das leis que regem vosso espírito. 
 
Vamos falar aqui do homem que vocês tanto admiram, Jesus. O que ele ensinou com sua vida e forma de viver? O Amor.
 
O que ele disse quando a sociedade da época quis apedrejar uma mulher por ter violado uma das leis dos homens? Ele disse: Aquele que não tiver pecado, que seja o primeiro a atirar a pedra. E repetimos isso a vocês: Aquele, dentre vós, que nunca cometeu algum tipo de violência contra um dos pequeninos de quatro patas, contra quem for ou contra si mesmo, pegue no chão a primeira pedra e atire-a contra este homem.
 
O homem que vocês nomeiam de “mestre” jamais agiria da forma como vocês estão escolhendo agir neste momento. Jesus foi incompreendido pela época e pela sociedade porque sua forma de amar excedia à deles. Ele foi perseguido e injuriado porque amava de uma forma ofensiva ao ego dos demais.
 
Apreciamos quando ele disse que o homem que se reconhece “pecador” e necessitado da “misericórdia” de Deus, é visto com mais justiça do que o que se afirma “muito justo”. De fato, ele disse essas coisas.
 
Vocês dão violência e têm a mesma coisa de volta. Não podem receber amor se não o derem. Deem a esse homem o que desejam receber do Universo. Se desejam que haja respeito aos pequeninos, então respeitem a ignorância desse homem. Porque as coisas ocorreram da forma como nenhum de vocês realmente sabe. Se desejam que haja mais amor aos animais, então, comecem vocês, amando e perdoando a esse sujeito pelo que ele fez.
 
Deem amor e terão amor. Vamos contar a vocês, qual era o plano por detrás disso: 
Todos esses pequeninos, que abandonaram os corpos em massa, estiveram envolvidos no resgate de vosso Amor. Sim, eles morreram para despertá-los ao amor, eles atravessaram por isso para que vocês pudessem perceber o Amor. Vocês protestam dizendo que todos eles têm direito à vida. E realmente têm. 
 
Mas dizemos: Ninguém tirará isso deles. Ninguém pode porque eles são eternos. 
 
Não resumam a vida a apenas esta reencarnação, a este corpo e a este mundo. A vida é muito mais do que isso e eles, todos eles, continuam vivendo.
 
E se estivessem agora diante de vocês, os pequeninos diriam assim: 
 
“Amigos de “duas patas”, nós, fomos à Terra e atravessamos este acontecimento para colocar em Evidência a vossa dificuldade em amar. Bastou um ato (em massa) de violência para deixar clara vossa separação com o Amor. Através de nossas vidas e do desfecho delas semeamos em vocês a semente do amor e do perdão. E embora vos observemos ainda revoltados, de nossa forma pura de amar, sabemos que vocês logo despertarão e a partir deste fato nos olharão de forma diferente. 
 
Nos respeitarão e nos darão mais atenção. Nos abraçarão e compreenderão o quanto nós vos amamos e o quanto vos ensinamos isso. Atravessamos toda essa situação, agora dolorosa e revoltante para vocês, para que cada um pudesse alcançar o êxito e a conquista de superar através do Amor todas as dificuldades. 
 
Que vocês perdoem! Que vocês sejam maiores que as limitações que adotaram e que compreendam que tudo acontece para que vocês se abram ao amor que tanto falam e que ainda pouco vivem!”.
 
Amigos, não julguem, amem. Não apedrejem, perdoem. Não cometam violência contra a violência, mas, vivam a paz e ensinem isso através de vossas atitudes. 
 
Quando conquistarem essa vibração e quando escolherem viver nela, os fatos como os ocorridos nos últimos dias serão extirpados da Terra e o Amor poderá fluir e se manifestar em sua verdadeira forma e intenção. Estamos felizes por poder compartilhar esse momento com vocês em profundo Amor. Haja Luz!
_______________________________________________________________________________________________________
 
Elohins através de Vinícius Francis
 


7 Comentários

“O surto de pessoas desinteressantes criado pelo PT”

Sei que muitos poderão não concordar com o texto… mas sugiro que usem vossos discernimentos e façam uma reflexão profunda. Penso que talvez este vale também outros  países!!!

Fiquem na LUZ.

Gerson

O Partido dos Trabalhadores (PT) transformou o brasileiro em um ser insignificante e desinteressante. O PT enlixou o povo brasileiro e os brasileiros do Brasil do PT são pessoas absolutamente substituíveis que não possuem coisa ímpar alguma; são seres genéricos que podem ser trocados sem reflexão por tantos outros de mesma forma genéricos. O socialismo e o comunismo fazem isto. Na busca da igualdade formal – eis que a igualdade real não existe – o PT através do petismo cria e fomenta no Brasil os diversos gêneros que são abraçados pelos indivíduos como refúgio e que acabam lhes tornando seres genéricos.

O brasileiro se tornou um ser que se acha mais interessante por gostar de algo de outrem do que por saber ou saber fazer algo. Os brasileiros piamente acreditam que são elevados porque gostam de algo relacionado a terceiros e dedicam suas vidas – especialmente seu tempo, energia e dinheiro – para se instruir sobre os outros, abandonando a busca pessoal pela própria evolução. O Brasil, após anos subjugado pelo PT, já vive de fato o socialismo e está em contagem regressiva para a formalização do regime socialista onde o indivíduo é esmagado pelo Estado.

Nos regimes socialistas e comunistas as pessoas não são indivíduos, são coisas. Os únicos indivíduos nesses sistemas de governo são os líderes do partido governante, os quais controlam as massas de coisas – os indivíduos -. Na necessidade de obter o controle sobre as massas é preciso formar massas e para isto o PT está enlixando o povo brasileiro, transmutando os brasileiros em coisas para depois controlar com um berrante só o lixo todo – principalmente ao levar o gado às urnas. Esta alquimia que faz com que a pessoa deixe de ser um indivíduo para que se torne uma coisa vem pelo esvaziamento do Ser. Uma pessoa com conteúdo real e verdadeiro não pode ser coisificada, pois aquilo que tem dentro de si lhe sustenta. Uma pessoa vazia e sem conteúdo real e verdadeiro é fácil de ser controlada.

Uma das táticas do PT para destruir o Brasil é fazer com que o brasileiro dedique mais a sua vida para os outros do que para si. Isto faz com que as individualidades desapareçam e que as pessoas fiquem dependentes daqueles que elas idolatram. O PT tornou interessante ser desinteressante e o brasileiro aceitou o seu próprio enlixamento.

O PT transformou o brasileiro em uma coisa e em todo lugar se observa pessoas insignificantes e desinteressantes. O Brasil possui legiões de brasileiros enchendo-se de orgulho por dizer que são fãs de um grupo musical, um time de futebol, uma série de televisão, um filme e tudo aquilo relacionado ao desenvolvimento pessoal de terceiros. O foco da vida do brasileiro não é o que está dentro de si, mas o que está fora.

No Brasil do PT se tornou moeda de valor o conhecimento sobre um grupo musical, um time de futebol, uma série de televisão, um filme e tudo aquilo que não faça parte do próprio Eu do indivíduo. Assim o PT transmuta o brasileiro em uma coisa, pois cultiva a ignorância acerca da essência que existe dentro de cada um pelo foco em algo ou alguém. É dentro de si que a consciência divina encontra abrigo. Quando se confrontam as pessoas que buscam este conhecimento interno com aquelas que vivem para endeusar terceiros há o inevitável choque de afinidades. O mundo dos indivíduos é outro daquele dos seres que se tornaram coisas, daqueles que foram alienados e consequentemente enlixados pelo PT.

É notório que o PT utiliza a cultura para propagar sua ideologia anticivilizatória, impregnando a cultura nacional com toda a sua Vontade de destruir a civilização. O PT não precisa fechar arbitrariamente as igrejas cristãs para acabar com o cristianismo – um dos inimigos do PT é o cristianismo -, basta que trabalhe a desculturalização do cristianismo. No cristão que acha que tanto faz ir à igreja aos domingos ou durante a semana o PT já cumpriu o seu propósito.

O PT não precisa entrar fisicamente com seus soldados em cada casa do Brasil para acabar com a família – a família é outro inimigo do PT -, basta que trabalhe a desculturalização da família. Há uma imensidão de imbecis que já assimilou e propaga que o dia das mães e o dia dos pais não importam, pois “todo dia é dia das mães” e “todo dia é dia dos pais”. Para tais pessoas a instituição familiar já acabou. Todo o processo de transmutação do corpo, da alma e do espírito do indivíduo que o PT tem aplicado no Brasil para transformar o brasileiro em um lixo vem através da cultura. Todo lixo é desinteressante e toda pessoa que já foi enlixada pelo PT é um ser desinteressante.

O brasileiro do Brasil do PT é “fã” de algo ou alguém, é “maníaco” por algo ou alguém e vive sua vida não para se elevar como indivíduo pelo autoconhecimento do Ser e pela instrução verdadeira, mas para se dedicar a fatores externos e a terceiros. O brasileiro do Brasil do PT se acha elevado porque idolatra pessoas que morreram de overdose, porque louva pessoas que em decorrência de um modo de vida desregrado morreram pela AIDS, porque venera pessoas que morreram por causa dos consumos de álcool e de cigarros, porque endeusa pessoas que viviam traindo e fornicando com todo mundo e porque rasteja por pessoas que vivem todo tipo de bestialidade.

O brasileiro consegue facilmente berrar que ama desconhecidos famosos, mas não consegue dizer o mesmo aos próprios familiares e sabe tudo sobre desconhecidos, mas não sabe a história da própria família. No Brasil, se uma mulher famosa declara que “é livre” porque transa com todo mundo, ela é idolatrada, homens famosos são endeusados porque consomem álcool e se louva todo tipo de lixo porque o brasileiro, graças ao PT, já se transmutou a ponto de se identificar com o lixo.

O PT é meritofóbico. A meritofobia é a aversão irreprimível à evolução do indivíduo pelo mérito real, verdadeiro e pessoal, que resulta na prática nas políticas petistas que são perfumadas pelo ideal de justiça social, mas que apenas servem para propagar a cultura à ilegalidade. O PT quer que seu curral eleitoral confie mais nele do que no Poder Judiciário e isto já está acontecendo, pois o povo brasileiro já foi enlixado a ponto de acreditar que o julgamento do mensalão foi um “julgamento político”.

Em razão de sua meritofobia o PT transformou o brasileiro em um ser tão insignificante e desinteressante que no Brasil as pessoas entendem como moeda de valor o simples fato de conhecer alguém famoso. O brasileiro se tornou tão estúpido que acha que conhecer alguém famoso o torna alguém melhor. Quer dizer: a pessoa é um lixo total e completo, mas isso pouco importa, o que importa é que ela conheça alguém famoso, porque isto a faz ser merecedora de algo qualquer. O PT fez com que o brasileiro achasse mais valor em um famoso desconhecido do que na centelha divina que está dentro do seu próprio coração.

O brasileiro do Brasil do PT não sabe quem é, mas sabe a data de nascimento dos membros do grupo musical que ele idolatra.

O brasileiro do Brasil do PT não sabe de onde veio, mas sabe qual a comida favorita do escritor que ele louva.

O brasileiro do Brasil do PT não sabe porque está aqui, mas sabe se a atriz que ele venera gosta de cores quentes ou frias.

O brasileiro do Brasil do PT não sabe para onde vai, mas sabe todos os títulos do time de futebol que ele endeusa.

O brasileiro do Brasil do PT não sabe coisa alguma sobre o seu verdadeiro Eu, mas sabe tudo sobre o falso Eu dos outros. 

O brasileiro do Brasil do PT não vê graça alguma em seu verdadeiro Eu, mas acha o máximo o falso Eu dos outros.

O brasileiro do Brasil do PT vive nas mentiras e nas ilusões da matéria e a futilidade já impregnou o seu Ser.

O PT transformou o brasileiro em um ser integralmente desinteressante que nada tem sobre si e cujos únicos “troféus” que tem a exibir dizem respeito aos outros. É por isto que há pessoas que a “melhor” coisa que têm em si é que são “fãs” de algo ou alguém. O Brasil está tão entorpecido pelo petismo que não sente o cheiro desta mediocridade.

Este surto de seres desinteressantes no Brasil serve ao projeto de poder do PT, pois as pessoas desinteressantes não causam ameaça ao controle total do país pelo partido. Tais pessoas não possuem capacidade mental para perceber que estão se coisificando e se o PT realmente se preocupasse com o povo brasileiro criaria o programa “Meu Cérebro, Minha Vida” para auxiliar no tratamento psiquiátrico de todos aqueles que vivem mais para adorar desconhecidos do que para viver a própria vida.

O projeto poderia tirar da miséria existencial milhões de brasileiros que gastam mais dinheiro comprando coisas sobre seus ídolos do que investindo em si para se aperfeiçoarem como indivíduos e também salvar milhões de relacionamentos amorosos que terminam porque uma das partes já não consegue mais suportar o vazio existencial de seu parceiro. O brasileiro aprenderia que é melhor saber quantos dias tem cada mês através dos dedos da mão do que a biografia de um membro de um grupo musical que ele desconhece e que é melhor saber fazer pizza desde a massa do que decorar as cenas estendidas de um filme.

Que não se enganem aqueles que se acham gente por não votar em palhaços ou prostitutas para legislar, pois se seus ídolos se candidatassem também receberiam seus votos. O que falta às pessoas é a oportunidade para manifestar sua estupidez e o PT ajuda nisso fomentado a estupidez do brasileiro ao propagar a cultura da idolatria. Tudo fica melhor ainda para o PT quando os idolatrados resolvem abraçar a causa política do PT e seus fãs passam a se inserir no curral eleitoral do PT meramente porque seus ídolos abraçaram a causa petista. A verdadeira alquimia é a transformação do Ser Interno, transmutando os defeitos em qualidades e os vícios em virtudes.

Como o PT serve à força contrária à do Cristo, a alquimia do PT é inversa, transmuta qualidades em defeitos e virtudes em vícios. O brasileiro tem carro, mas não tem conteúdo, tem diploma de curso superior, mas não tem essência, tem dinheiro para festar fim de semana, mas não manifesta qualquer inspiração divina em si e tem tudo aquilo que as almas involuídas espiritualmente têm como objetivo de vida. O brasileiro é vazio de Deus e cheio do PT.

O PT é inimigo de Deus e luta para destruir tudo aquilo que Deus já construiu e quer construir na Terra. A força que possui poder para acabar com o PT vem de Deus. Como esta força se manifesta no homem através de sua busca pelo autoconhecimento e pela comunhão com Deus, o PT enlixa o povo brasileiro para que vá em direção ao caminho oposto, o contrário à busca interna.

Os brasileiros pensam que são seus gostos pelas criações dos outros, se definem como “fãs” e “maníacos”, sentem orgulho de poder dizer que são fissurados nas coisas que dizem respeito aos outros e tudo isto serve ao PT, pois tais pessoas são absolutamente vazias existencialmente. Em um ponto extremo está Deus, o Todo-Interessante que se manifesta dentro de cada um no buscar, despertar e manifestar da centelha divina e no outro está a ilusão, tudo aquilo que é desinteressante e a ignorância sobre o Eu Interior que é fomentada no Brasil pelo PT. De um lado estão aqueles que sabem quem são, de onde vieram, porque estão aqui e para onde vão e do outro estão os desinteressantes enlixados pelo PT que se resumem a adoradores de algo ou alguém.

Fonte: http://rudyrafael.wordpress.com/2013/05/26/o-surto-de-pessoas-desinteressantes-criado-pelo-pt/

Contato: http://rudyrafael.wordpress.com/contato/