ASCENSÃO PLANETÁRIA

AMIGO LEITOR!!! Nossa missão aqui é apenas de divulgar a "Ascensão" do Planeta Terra e dos seres que nele habitam. Não temos a menor intenção de impor ou convencê-lo de qualquer assunto aqui tratado. Deixamos claro que não se trata de nenhuma seita ou religião e também não discriminamos ninguém, quer seja por raça, partido, opção sexual ou religiosa. A principal intenção é de informar, ao amigo leitor, sobre temas e assuntos que, em nossa opinião, entendo serem tão importantes e necessários, e que num futuro muito próximo, poderá lhe ser útil. Pedimos apenas que use seu discernimento o máximo que puder, meditando, analisando e, por que não dizer, questionando o que aqui vier a ler…. SEJAM TODOS MUITO BEM VINDOS E FIQUEM NA LUZ !!!

“Não foi por isto que viemos aqui”

1 comentário

Untwine – “Não temam as bombas strangelet” – 15.01.2015

Arte: Geoffrey Chandler

Esta é uma chamada que gostaria de fazer com a população despertada.

Muitos contatados, denunciantes e outros mestres deixaram o planeta ao longo destes anos. Compartilharam conosco informações muito importantes sobre vários assuntos, todavia, no final, o objetivo da mensagem é a mudança, a libertação deste planeta.

O estado deste planeta não é, em nenhuma maneira normal. Desarmonia não é natural. A ausência de contato com outros planetas não é normal. A Fonte/ Criador é pura harmonia, união e alegria. Nós sementes estelares sabíamos disso quando viemos de muitos lugares do Universo para ajudar, dando-nos ao trabalho para vir aqui e passar por muitas dificuldades ao encarnar, mesmo dispondo de tudo que precisávamos, como vidas paradisíacas fora desta prisão.

Não fizemos isso para que pudéssemos nos estabelecer numa casa suburbana em algum lugar, num trabalho que sabemos não ser o nosso maior propósito elevado, apenas para que pudéssemos comprar casas e nunca ter tempo para nada, ter projetos e sonhos e nunca dispor de energia para colocá-los em andamento, nunca ver as pessoas que realmente correspondam conosco e, até morrer e novamente recomeçar, apenas para que possamos ter pequenos intervalos de conforto que são praticamente nada em comparação com a luta deste planeta e a vida que poderíamos ter.

Assim, muitas pessoas estão num estado de expectativa, ouvindo as notícias da linha de frente, provenientes de diferentes fontes de informação, como se estivessem assistindo a um bom filme.

Isto não é o que somos. Não foi por isso que viemos aqui. Viemos para libertar o planeta. Muitas pessoas estão à espera de mais informações, mas como este contatado de Agartha explicou, já temos acesso as informações de maneira suficiente, para desempenhar a nossa missão.

A maioria das verdadeiras fontes de informação explicou que podemos ajudar e a maioria das pessoas que encontro, na verdade, não percebem o poder que eles realmente efetivamente possuem para ajudar a situação.

Como o Cobra explicou, nas presentes condições, somos reféns das trevas que estão nos ameaçando, caso nossa família estelar nos ajudasse diretamente, bombas strangelet (dispositivos destrutivos com base em anomalias quânticas), ou qualquer outra coisa, seriam detonadas. Esta é a única razão pela qual não temos nenhum contato com outros planetas e, por que existe tanto sofrimento aqui.

Uma bomba strangelet destruiria tudo dentro do véu em torno deste planeta, mas assim que atingisse o véu, sua ação seria detida imediatamente por nossa família estelar. O que isso nos diz? Que eles têm totalmente o poder de parar uma bomba strangelet, ou qualquer outro tipo de armamento da escuridão. A única razão pela qual não cuidam dessa situação de imediato, é porque a tecnologia quântica e anomalias do véu limitam seus poderes em seu interior e se tentarem pela força do lado de fora, desencadeariam alguma reação pelo acionamento de tais bombas ou outros dispositivos em retaliação.

É precisamente por isso que nos demos ao trabalho de vir para cá e encarnar nessa confusão. Viemos para poder abrir uma ponte de dentro do interior do véu. Quando fazemos uma meditação adequada, uma visualização, ou outro tipo de trabalho de Luz, realmente abrimos pequenos buracos no véu. É Verdade!

Sim, muitas pessoas fazem o que podem para compartilhar o Amor em suas vidas diárias. Todavia, esta questão em particular requer intenção focada, é necessário enfrentá-la diretamente, trabalhando em conjunto, de forma coerente no tempo e no espaço, porque as mudanças precisam acontecer no tempo e no espaço.

Se somos poucos, os buracos serão pequenos e  serão fechados logo que abertos. Entretanto, se existem pessoas em numero suficiente, os buracos se tornarão suficientemente grandes para nossa família estelar entrar e neutralizar qualquer coisa que esteja impedindo a mudança que esteja acontecendo.

Por enquanto, não somos suficientes, o que significa que a nossa família estelar terá que prosseguir muito lentamente e com cuidado a fim de não provocar qualquer reação obscura, que significaria num atraso das ações. Quem quer isso?

Também significa que as poucas sementes estelares que estão realmente participando e tomando iniciativas, estão em desvantagem, superadas pelos números as trevas ou o outro caso, realizando um trabalho que exige mais pessoas.

O plano das forças da luz era que o evento acontecesse em abril de 2012. Poderia ter acontecido em torno desse tempo se tivéssemos feito a nossa parte.

Não somos espectadores passivos. Somos o Criador. Temos um papel a desempenhar.

Assistir filmes, fazer aquele penteado, tomar bebida com amigos, pode esperar. Poderemos fazer essas coisas, quando pessoas, animais e plantas e o planeta não estiverem sendo diariamente estuprados nunca mais. Olhem ao redor, olhem para o estado do mundo. É muito importante.

“Você não está ficando louco, está apenas acordando”

Podem gastar de 20 minutos a cada domingo para fazerem isso:

http://sementesdasestrelas.blogspot.com.br/2013/02/movimento-de-libertacao-mundial.html

(Nota do Gabriel / Sementes das Estrelas: Você pode também se juntar a nós em nossas meditações semanais que são realizadas todas às Terças Feiras às 20h00 (Horário de Brasília). Maiores informações Clique Aqui)

144 000 pessoas seriam suficientes para acionar uma abertura necessária para as mudanças. Contando com 1 milhão de sementes estelares entre 7 bilhões de pessoas, não é tanto. Já existem mais de 144 000 pessoas despertas num certo grau. Mas até agora houve apenas 5 a 10 000 efetivamente participantes.

Pode também tomar 2 horas por semana para fazerem isso:

http://recreatingbalance1.blogspot.com/2014/10/invitation-to-physical-gridwork.html

Podem encontrar pessoas para fazerem isso em suas áreas nesta página:
http://recreatingbalance1.blogspot.com.br/2015/01/find-people-in-your-area.html

Também podem fazer isso, que também abre fissuras no véu tomando apenas alguns minutos do seu tempo, conforme suas conveniências.

http://agarthanalliance.blogspot.com/2014/11/bilocation-to-telos.html

Podem também usar seus dons e criatividades de muitas outras formas.

Lembrem-se de quem realmente são.

————————————————

Autor: Untwine

Fonte: Recreating Balance

Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge

– See more at: http://sementesdasestrelas.blogspot.com.br/2015/02/untwine-nao-temam-as-bombas-strangelet.html#sthash.EQ7W9Fgc.dpuf

Anúncios

Autor: Gerson

Este blog foi criado com a intenção de apresentar a ascensão da Mãe Terra e dos seres que nela habitam

Um pensamento sobre ““Não foi por isto que viemos aqui”

  1. A campa familiar em Talpiot
    04 abril 2010Comentar

    ? O túmulo de Talpiot foi descoberto em 1980, a cinco quilómetros de Jerusalém. Continha dez ossários, seis dos quais com nomes. Um deles foi decifrado como Yeshua bar Yehosef (Jesus filho de José). Além disso constavam os nomes Maria, que seria a mãe de Jesus, Yose, que seria o pai, José, Yehuda bar Yeshua, que seria Judas filho de Jesus, Maramene e Mara, que seria Maria Madalena, e Matya, possivelmente Mateus. A descoberta originou, em 2007, um documentário intitulado The Lost Tomb of Jesus (O Túmulo Perdido de Jesus), cujo produtor executivo foi James Cameron. Este chegou a ser acusado de estar a pôr em causa as crenças mais profundas do cristianismo. Vários historiadores duvidam de qualquer relação com a família de Jesus, por esses nomes serem comuns na altura.
    Fonte: http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=1535623&seccao=%C1sia

    Não que seja o que eu defendo, até porque não defendo nada tento manter a mente aberta ao que me é apresentado, mas vou falar de um tema muito comum por um lado e com imensa controvérsia por outro. Controvérsia já é mais o que eu gosto, porque admiro uma mente aberta que está disposta a expor a verdade em que acredita.
    O tema é José Rodrigues dos Santos e o seu livro O Ultimo Segredo. Este autor é um pivô da televisão que tem tido alguns problemas devido aos livros que escreve. Por isso tem muito a perder e pouco a ganhar. Este livro fala de Jesus, Cristianismo e ciência.
    Vem-nos dar uma imagem de Jesus mais carna e não como um deus que a religião nos quer fazer crer. E se de facto ele é um deus é muito diferente de nós e teríamos poucas hipóteses de ser tao “iluminado” quanto ele. Mas estou a desviar-me do tema. O que o autor nos transmite são citações bíblicas que a igreja não fala e que vem dar outra versão de Jesus.
    Não me vou adiantar mais porque não quero estragar a surpresa a quem o quiser ler. Quem quiser pode buscar a versão que já existe em pdf na net ou se quiserem escrevam-me e eu envio-vos o pdf.
    Quero contudo salientar que já ouvi muita coisa sobre Jesus e muitos movimentos estão a surgir. Uns dizem que ele foi extraterrestre, a Igreja poe-o como um deus, outros dizem que é um mito e que os 12 apostolos, são as doze constalaçoes, o Da Vinci disse que teve uma menina mas o José relata factos reais e descobertas que estão a fazer. Ele próprio diz que tudo o que diz é baseado em factos reais e que só é ficção a parte da aventura.
    Enfim fica ao vosso critério abrirem-se para outros campos eu gostei embora a mim pouco me diga se Jesus teve filhos ou não ou se sequer existiu.
    Deixo no entanto uma noticia colocada em 2010 pelo DN. Para quem ainda não percebeu sou de Portugal e o autor também, há quem lhe chame o Dan Brown Português.
    O meu mail é pinneiro@hotmail.com

    Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s