ASCENSÃO PLANETÁRIA

AMIGO LEITOR!!! Nossa missão aqui é apenas de divulgar a "Ascensão" do Planeta Terra e dos seres que nele habitam. Não temos a menor intenção de impor ou convencê-lo de qualquer assunto aqui tratado. Deixamos claro que não se trata de nenhuma seita ou religião e também não discriminamos ninguém, quer seja por raça, partido, opção sexual ou religiosa. A principal intenção é de informar, ao amigo leitor, sobre temas e assuntos que, em nossa opinião, entendo serem tão importantes e necessários, e que num futuro muito próximo, poderá lhe ser útil. Pedimos apenas que use seu discernimento o máximo que puder, meditando, analisando e, por que não dizer, questionando o que aqui vier a ler…. SEJAM TODOS MUITO BEM VINDOS E FIQUEM NA LUZ !!!

A Paz Utópica!

2 Comentários

Por Suzel Saraceni

 

Paz, não é uma qualidade somente, ela contem todos os outros atributos associados a valoração e Amor a Vida.

A Vida nesse contexto se expressa como a virtude maior do Ser, pois sem ela nada existe.

Somos uma comunidade uma sociedade composta de diferentes matizes, cores, raças, credos, convivemos numa mesma casa (ECO) num planeta generoso, belo com uma natureza abundante e rica.

Apesar de todos esses recursos naturais, somos carentes, não conseguimos viver em abundancia, o nosso sistema político, social, econômico cultural é fundamentado na lei da escassez, que privilegia uma pequena minoria, e que  manipula estrategicamente esses recursos.

Conflitos de ordem belicosa se insurgem devido a  falta de consciência e inteligência em lidarmos com as diferenças de uma forma mais tolerante, respeitando os diferentes interesses e direitos.

A comunidade global, Nações ou mesmo as pequenas sociedades, enfrentam vários desafios : A fome a miséria, as guerras ,atos de terror e violência além dos desastres ecológicos, depredações que estão gerando sofrimentos insatisfações, estão sinalizando a necessidade de uma mudança radical nesse sistema que está se esgotando.

Se faz “necessário e urgente” que se busquem encontrar soluções, respostas para toda essa desarmonia, que vem causando destruição morte, colocando em risco a própria sobrevivência da espécie humana.

A paz é mais do que uma utopia metafórica ela precisa ser construída, tecida pela mente e corações e pelo exercício da humanidade, sim pois ainda não conseguimos realizar o projeto de uma humanidade civilizada, que respeite a vida o outro e a si mesmo.

Os principais agentes e lideres das Nações, são os representantes da comunidade global, que se encontra em desespero, caos, sofrendo abusos, violência, atos de extrema intolerância. A consciência  e a boa vontade desses lideres precisam ser colocadas a serviço desse bem maior, acima de qualquer credo, filosofias, culturas, e buscando se unirem para  por   um fim nessa situação de terror, caos e violência que acomete vários países, povos irmãos independentemente da nacionalidade, cor, raça!

Os desafios fazem parte do processo evolucionário, mas quando eles são motivos de superação através da inteligência, da compreensão e do amor, entretanto quando partirmos para a disputa desleal desumana, desigual  provocamos desequilíbrios de toda ordem , criamos  caos, sofrimento e desordem.

Somos potencialmente providos de inteligência, sabedoria, mas infelizmente poucos de nós estamos habilitados espiritualmente, ou melhor, dizendo estamos despertos, conscientes,  para alavancar, transformar essa trajetória equivocada que escolhemos seguir.

Por outro lado vemos alguns se movimentando, procurando agir ou simplesmente se colocando atentos para poderem servir a alguma causa que possa contribuir mesmo que timidamente para que essa mudança possa ocorrer, primeiramente dentro de nós  mesmos e com isso irradiando se expandindo pra fora para o outro.

Tivemos exemplos de lideres que nos legaram uma vida de exemplos de sabedoria, equilíbrio responsabilidades, e amorosidade: Ghandi, Mandela e outros. Entretanto, atualmente a política econômica financeira social, se fundamenta na disputa, na ganancia, conflito de interesses, deixando a deriva o bem estar, segurança das nações, das pessoas.

Alguns países como Dinamarca, Suécia, Noruega, veem buscando alternativas a esse sistema predatório e caótico, mas infelizmente apesar dos exemplos eles não são considerados pelas grandes potencias.

Enfim a nós simples indivíduos dentro dessa massa populacional, nos cabe orar, meditar, vibrar para que essa situação possa vir a ser mudada. Apesar de toda complexidade, e de certa apatia das lideranças, acredito que algo maior vá acontecer: uma intervenção Divina, providencias de uma ordem superior, independentemente de religião, credo, … Meditemos … oremos, pois somente dessa forma poderemos mudar essa situação!

Suzel

Anúncios

Autor: Gerson

Este blog foi criado com a intenção de apresentar a ascensão da Mãe Terra e dos seres que nela habitam

2 pensamentos sobre “A Paz Utópica!

  1. SPECTACULAR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. EMBRIÃO DE GOVERNO MUNDIAL

    Vou colocar algumas palavras, quem sabe venham a ser úteis um dia. É uma humilde contribuição frente a problemas tão complexos que esse mundo nos apresenta diariamente:
    Num nível macro o mundo é uma empresa, complexa é verdade, por ter 200 departamentos (países), muito diferentes uns dos outros, nas questões culturais, econômicas, sociais, religiosas e etc.
    Mas, é necessário que se reúnam em torno de um assunto central e pertinente a todos, ou seja, uma providência se faz urgente, implantar um embrião daquilo que possa ser no futuro, um governo central.
    Para isso a cooperação e a boa vontade, mesmo que inicialmente não alcance a todos, é necessário para que se possa formatar um núcleo representativo e pacífico de todos os países (aderentes ou não inicialmente), para tratar assuntos emergenciais de questões tão graves e que afetam o mundo como um todo, como a dos refugiados, a fome e a miséria na África, Oriente Médio, Estado Islâmico, as questões ambientais e de extração de combustíveis fósseis, desmatamento da Amazônia, enquadramento das empresas que em todo mundo ferem e intoxicam quimicamente o planeta (remédios e pesticidas) com prejuízo da saúde humana, animal e biológica e ainda muitos outros problemas urgentes que campeiam e se multiplicam nos dias de hoje e que na prática afetam todos indistintamente.
    Como?
    Implantando inicialmente um amplo comitê, com representação mundial, que organize e se estruture, visando ajudar, realocar povos, negociar as explorações, dar o suporte necessário à miséria e a fome, reunir e apaziguar as várias religiões estabelecendo espaço de presença e voz a todos, negociando sempre a paz, ou seja, estruturar esse núcleo para atender as mais diversas demandas sociais, econômicas, ambientais, religiosas e ainda outras, nos mais diferentes conflitos.
    Uma contribuição proporcional ao PIB de cada país, seria recolhida mensalmente e depositada num Banco Planetário a ser fundado e administrado também por esse comitê inicial, que obviamente iria crescer, na medida, que vai conquistando a confiança mundial.
    Serviria ainda a uma espécie de refúgio apelatório aos povos oprimidos por governos suspeitos e não abertos ao diálogo.
    Oferecer aos povos oprimidos, chance de apelação, coisa que o mundo praticamente não tem hoje. Isso ocorre pela alta complexidade dos interesses políticos e financeiros de abrangência mundial, ou seja, cada um cuida de seus interesses e pouco é feito, contribuindo assim para que esses governos danosos se eternizem no poder.
    A ONU executa uma série de trabalhos importantes a nível mundial, mas jamais ganhou o respeito e a confiança da maioria para um trabalho desse teor, que pudesse vir a exercer um papel de maior liderança, maior objetividade, mais prático e contundente nessas questões tão urgentes e emergenciais.
    A ONU deveria ter sido esse embrião do governo mundial, mas nunca evoluiu para ser esse embrião, não se impôs, talvez porque sempre foi política demais sendo submetida as influências dos mais poderosos países do Ocidente, não estabelecendo um papel imparcial, e de legítima liderança. Esqueceu-se, que as questões, os problemas mundiais deveriam ser tratados em si mesmos, com menos envolvimento político.
    Quem sabe um dia?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s