ASCENSÃO PLANETÁRIA

AMIGO LEITOR!!! Nossa missão aqui é apenas de divulgar a "Ascensão" do Planeta Terra e dos seres que nele habitam. Não temos a menor intenção de impor ou convencê-lo de qualquer assunto aqui tratado. Deixamos claro que não se trata de nenhuma seita ou religião e também não discriminamos ninguém, quer seja por raça, partido, opção sexual ou religiosa. A principal intenção é de informar, ao amigo leitor, sobre temas e assuntos que, em nossa opinião, entendo serem tão importantes e necessários, e que num futuro muito próximo, poderá lhe ser útil. Pedimos apenas que use seu discernimento o máximo que puder, meditando, analisando e, por que não dizer, questionando o que aqui vier a ler…. SEJAM TODOS MUITO BEM VINDOS E FIQUEM NA LUZ !!!

Corey Goode – Divulgação Cósmica – Ciências do SSP (Programa Espacial Secreto)

Deixe um comentário

Acessem também Gaiam TV , para poderem ver Corey neste e noutros episódios da “Cosmic Disclosure“.

DW: Este é mais um episódio da “Divulgação Cósmica.” Sou o vosso anfitrião, David Wilcock. Estou aqui com Corey Goode, uma fonte que afirma ter trabalhado no Programa Espacial Secreto. Corey, bem-vindo ao programa.

CG: Obrigado.

DW: Tudo bem. Para mim,uma das coisas que foi mais fascinante no início, foi ter acesso a esse informador privilegiado, Daniel. Ele designou o seu projecto como Phoenix III. Afirma ter trabalhado no Laboratório Nacional de  Brookhaven, em Montauk Point, Long Island. A maioria das pessoas designam-no como  Projecto Montauk. E como disse, consistia no assento/cadeira de um UFO ligada a um conjunto muito poderoso de transformadores e a pessoa que operava essa cadeira, iria ampliar a sua capacidade psíquica e poderia manifestar coisas na sala ou criar um portal que levaria alguém através do espaço ou do tempo.

No decurso da longa conversa que tive com Daniel sobre este assunto, muitas vezes ele descreveu algumas anomalias pouco habituais que aconteceriam ao corpo humano quando era enviado através destes portais. Agora, vou começar a nossa discussão dizendo que, na visão convencional, se você tem a idade biológica de 30 anos e, em seguida, é enviado para o futuro, e portanto o seu corpo é remetido para o futuro, poderia pensar que o seu corpo teria 30 anos de idade naquela época em que foi para o futuro. É isso o que acontece, baseado no seu conhecimento? Ou será que há alguma outra coisa que acontece?

CG: No meu caso pessoal, estava envolvido no que eles denominavam como Programa 20 e Voltar. E  já foi explicado desde o início que eu serviria durante 20 anos e, em seguida, por mais estranho que pareça, teria uma regressão de idade e  seria trazido ao ponto original do momento em que parti e regressaria…

DW: Regressaria?

CG: — Para a minha vida, a alguns minutos do momento em que parti.

DW: Mas há um problema, porque você envelheceu 20 anos, enquanto esteve lá fora no espaço.

CG: Certo. O que acontece é que, no final do período de 20 anos– e no meu caso, era mais 21– eles levam-no de volta para o Comando de Operação Lunar, onde terá de passar por um interrogatório intenso, assinar mais papéis, e, em seguida, irão levá-lo e colocá-lo numa mesa e, basicamente, vão anestesiá-lo e paralisar o seu corpo para não se poder mexer. Tem de estar completamente imóvel durante todo o processo. E colocam essas placas tão finas, quase como papelão. Você fica amarrado a este suporte de espuma e, em seguida, eles colocam essas placas finas de papelão que pareciam ter peso, pela maneira como eram manuseadas, à volta da forma do seu corpo.

E o processo levou cerca de duas semanas e neste período de tempo que, de alguma forma, tecnologicamente o seu corpo regrediu cerca de 20 anos para o momento em que você entrou. E durante este tempo, algumas pessoas tinham adquirido tatuagens, cicatrizes, lesões que iriam desaparecer. E você seria sujeito a uma regressão. As pessoas que tenham passado por esse processo, depois de terem regressado à sua vida anterior, ou a esta vida que conhecemos aqui, são submetidas a hipnose ou a regressão de memória, terão cicatrizes que aparecem no seu corpo durante o processo e que depois se vão embora, ou tatuagens ou esboços de tatuagens com cicatrizes vermelhas que aparecem durante um curto período de tempo e depois desaparecem. É uma espécie de memória celular que está a acontecer.

DW: Você não sabia disso quando se apresentou, mas há muitos anos, regredindo por volta do ano 2000, eu tinha lido um livro on-line muito estranho chamado “The Mars Records.” Era sobre um fulano– e nessa ocaião não havia outros dados para eu relacionar, mas não me pareceu que ele estivesse a mentir. Apenas intuitivamente, não me parecia que ele estivesse errado.

Descrevia algo perfeitamente semelhante ao que você está a falar agora, sobre o Programa Espacial Secreto. Só ficou com ligeiras recordações de estar em torno de Marte, tendo algum tipo de assassinato psíquico que ele poderia fazer, uma técnica de rescisão psíquica que envolvia telecinese na qual era muito bom. Ele iria impedir as sinapses das pessoas. Informou que no final do período de trabalho que cumpriu na década de 1970, passou por uma regressão de idade de 20 anos e que o trouxeram de volta para o tempo em que ele tinha partido. Trabalhou durante 20 anos e eles regrediram-no 20 anos. É exactamente o que você disse. Você está familiarizado com pessoas que receberam algum tipo de treino psíquico que poderia permitir-lhes impedir as sinapses das pessoas?

CG: Claro que sim. E há estações onde permanecem para aprimorar as suas capacidades. É um dos sistemas de armas psicológicas e os que são treinados em visão e influência remota — como mencionei, é como um *ânodo e um cátodo. [* Cátodo é o eletrodo no qual há redução (ganho de elétrons). É o pólo positivo da pilha. Ânodo é o eletrodo no qual há oxidação (perda de elétrons). É o pólo negativo da pilha.] Um é feito de cobre. O outro é feito de aço inoxidável como um ou outro metal. Colocam as mãos sobre eles e, em seguida, concentram as suas mentes num alvo e são capazes de matar alvos de várias maneiras e também múltiplos alvos. E, assim como agora há pessoas que pilotam os drones e matam outras pessoas, muitas dessas pessoas são enganadas sobre os alvos que estão a atingir.

Mas sim, é uma tecnologia e um sistema de armas muito real, mas difícil de acreditar. E algumas dessas mesmas pessoas são treinadas para proteger e impedir as instalações de serem alvo de observação remota. Às pessoas que têm muito desse conhecimento, aos observadores remotos que tentaram ver remotamente instalações longínquas  e que não conseguiram fazê-lo, nós designamos como “aqueles que espalham”. São treinados para dispersar os pensamentos dos que têm visão remota. E isso também é feito através de aprimoramento tecnológico. Mas isso ajusta-se com o que ele estava a fazer.

DW: Você um super soldado?

CG: Não.

[Risos abafados]

Não sou de maneira nenhuma um super soldado. Há pessoas que se enquadram nessa categoria. Trabalhei ao lado desse tipo de pessoas, mas estava num programa totalmente diferente, se bem que sob a mesma organização. Os MILABs estão todos incluídos no mesmo sistema de organização. Se você estiver no Milab,  tem de ser um super soldado. Quando as pessoas me associam aos super soldados, fico frustrado. Não é o que estava a fazer. Não foi isso que fiz.

DW: Havia um livro sobre um super soldado que li há muito tempo e não tinha idéia se realmente era credível ou não. Foi no início da década de 2000. O autor relatou algumas coisas muito estranhas. Uma das coisas que ele mencionava é que foi treinado, caso fosse necessário, para ser capaz de pousar sem pára-quedas a partir de uma queda de grande altura e afirmou que  as suas pernas poderiam agir como uma mola ao bater no chão, que ele poderia saltar e não ser destruído pelo impacto. Para mim, tal afirmação não me parecia credível.

CG: Os super soldados com quem trabalhei, vi-os fazer algumas coisas incríveis. Nunca vi eles… isso não me parece possível … Não sei.

DW: Bem, penso que não podemos preencher um episódio completo sobre o super soldado, mas gostaria de ouvir as coisas espantosas que eles podem fazer para além da capacidade humana normal. Vamos abordar um pouco desse assunto..

CG: Seriam absolutamente capazes de entrar na mente dos seus alvos. Poderiam trabalhar psiquicamente como um grupo, com a sua equipa. Foram capazes de mover-se não como na matriz, mas, de facto, os seus músculos foram melhorados para serem muito rápidos e letais. Mas isso não era sobre humano. Foram apenas melhorados.

DW: Uma das coisas que Pete Peterson me disse é que ele estava pessoalmente envolvido numa espécie de treino que percebi que se desenvolveu a partir do Oriente, onde as pessoas eram capazes esvaziar as suas mentes e poderiam realmente deixar o seu corpo funcionar instintivamente e agarrar uma bala disparada contra eles com uma luva, embora, na verdade tivessem de começar a mover o braço antes do gatilho ter sido disparado.

CG: Eu vi esse feito.

DW: Sério?

CG: Mm-hmm.

DW: Qual é o processo que funciona por trás de algo assim?

CG: Quando esvazia a sua mente, vai para a parte instintiva do seu cérebro da qual falamos anteriormente, e assim, se uma rocha está a vir em direcção à sua cabeça, eles mediram neurologicamente que o seu cérebro reage um décimo de segundo antes que ela bata em si. Essas pessoas foram treinadas para entrar em contacto e trabalhar as suas capacidades mentais de tal forma, que são realmente quase capazes de se desviar de balas e de se mover de uma maneira que é muito surpreendente. Mas o que acabou de descrever não está fora do alcance do que é possível para muitas desses rapazes– e meninas. Há também muitas mulheres.

DW: Alguns super soldados designavam-se como ninjas e afirmavam que tinham algum tipo de formação de ninjutsu. É verdade?

CG: São treinados em várias artes marciais.

DW: Já ouviu falar de soldados ninja treinados para ter uma luta de espadas, enquanto os olhos eram vendados e não podiam ver de modo algum?

CG: Sim. Muito disso soa como o Jedi e o Luke Skywalker com o sabre de luz e com o pequeno robot a andar à volta e a atirar lasers para ele. Mas, sim, todo este tipo de treino está muito envolvido. Não passei por isso, mas ouvi-os descrever que passaram por coisas semelhantes.

DW: O facto de alguém ser designado como super soldado é por que existe algum aumento do seu corpo físico? Parte da sua constituição é titânio e o resto é cyborg?

CG: Não. Dão-lhes injecções. São aperfeiçoados. São treinados e melhorados mentalmente. Mas o super soldado é apenas uma parte da elite, da elite, da elite, da elite. Mais tarde, isso vai custar-lhes caro. Não têm uma longa duração de vida.

DW: Poderiam suster a respiração por períodos de tempo mais longos do que a maioria de nós?

CG: Mm-hmm..

DW: Poderiam mergulhar mais fundo na água do que a maioria, sem ter problemas?

CG: Podem aguentar ar mais rarefeito. Sim, todas essas coisas.

DW: Essas injecções são baseadas em algum tipo de tecnologia extraterrestre avançada, que poderia fortalecer o corpo de uma maneira que não é habitual?

 CG: É uma combinação. Algumas delas são unicamente substâncias químicas e algumas são a aplicação de nanotecnologia.

DW: Sério? Se a nanotecnologia está a ser usada  então significa que esses super soldados são vulneráveis à infecção AI (Artificial Intelligence = Inteligência Artigicial)??

CG: Sim, são vulneráveis.

CONTINUE LENDO EM ……

__________________________________________

Anúncios

Autor: Gerson

Este blog foi criado com a intenção de apresentar a ascensão da Mãe Terra e dos seres que nela habitam

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s