ASCENSÃO PLANETÁRIA

AMIGO LEITOR!!! Nossa missão aqui é apenas de divulgar a "Ascensão" do Planeta Terra e dos seres que nele habitam. Não temos a menor intenção de impor ou convencê-lo de qualquer assunto aqui tratado. Deixamos claro que não se trata de nenhuma seita ou religião e também não discriminamos ninguém, quer seja por raça, partido, opção sexual ou religiosa. A principal intenção é de informar, ao amigo leitor, sobre temas e assuntos que, em nossa opinião, entendo serem tão importantes e necessários, e que num futuro muito próximo, poderá lhe ser útil. Pedimos apenas que use seu discernimento o máximo que puder, meditando, analisando e, por que não dizer, questionando o que aqui vier a ler…. SEJAM TODOS MUITO BEM VINDOS E FIQUEM NA LUZ !!!


2 Comentários

Hercolubus – Vídeo 2 – Bases Científicas

Melhor texto sobre o Planeta X que vi até o momento… Excelente trabalho feito pelo Luciano Rocha.

Parabéns !!!

Nibirus é um sistema composto por luas ou planetas, inumeráveis cometas e asteroides atraídos por causa de sua gravidade. Segundo pesquisas astronômicas, além de Nibirus, temos planetas ou luas chamados Immaru’, Ano Dommni , Amel Sarru, Nana, Uri’’, Sarru’’, e mais um nome ainda desconhecido (nomes baseados nas placas Sumérias. Ainda se faz necessário a averiguação de dados para confirmar a existência de seu sistema de luas ou planetas, pois não é possível a visualização com nitidez para distinguir)

Anúncios


1 comentário

O Futuro… será?

De tempos em tempos, a Microsoft apresenta a sua visão do futuro. Elas sempre envolvem interações por toque, telas enormes e até alguns dispositivos dobráveis.

Desta vez, a empresa incorporou alguns gadgets que vêm se popularizando nos últimos anos, como impressoras 3D e smartwatches.

O vídeo procura responder à pergunta: “como as tecnologias emergentes podem transformar a forma como fazemos nossas tarefas em 5 a 10 anos no futuro?”

Assista ao vídeo…

 


4 Comentários

Leiam isto…

 

Sem querer fazer juízo de valor, acredito que esta notícia é por demais importante para o atual momento do planeta.

Fiquem na LUZ !!!

 

Como um engenheiro do Facebook se tornou responsável por decidir o que você lê na internet

Imagens 'roubadas' e reutilizadas no Facebook podem configurar crime (Foto: Reprodução)

Com apenas 26 anos, Greg Marra, engenheiro do Facebook, é capaz de decidir o que um bilhão de pessoas leem diariamente no mundo inteiro. Marra é o responsável pelo algoritmo que a rede social utiliza para decidir que conteúdos terão prioridade no “feed de notícias” dos usuários – usuários estes que compõem cerca de 20% da população mundial.

Segundo Emily Bell, diretora do Tow Center for Digital Journalism da Universidade de Columbia, o automatismo coordenado por Marra o tornou “o executivo de mídia mais poderoso do mundo”.

Cerca de 30% de todo o consumo de notícias nos Estados Unidos passa pelo Facebook. Nas áreas urbanas do Brasil o número chega a 67%, de acordo com um relatório de 2014 do Instituto Reuters da Universidade de Oxford.

Das 950 milhões de visualizações de vídeos que o BuzzFeed alcança mensalmente, apenas 5% são originadas pelo próprio site. A maior parte, com protagonismo do Facebook, vem de outras plataformas digitais.

“Nem todo mundo sabe que por trás do que é lido no Facebook, ou mostrado no Google, há um algoritmo que decide tudo. É necessário que as pessoas saibam que há um viés”, explicou a professora de ciência da computação da Universidade de Illinois, Karrie Karahalios.

Greg Marra, o editor mais poderoso do mundo

Marra, um especialista em robótica que às vezes se apresenta nos escritórios do Facebook vestido como Super Mario e diz não se preocupar com o lado editorial de seu trabalho, se autodefine como uma pessoa apaixonada por “criar coisas que ganham vida por si mesmas”.

A carreira de Marra não está focada em jornalismo ou estudos da comunicação de massa, mas seu poder é tanto que se mudasse a configuração do sigiloso algoritmo do Facebook, algo que a empresa já experimentou, poderia afetar o comportamento na vida de cada pessoa.

Leia também:
>>> Facebook manipulou newsfeed de 600 mil usuários para realizar experimento científico

Segundo a revista “Mother Jones”, nas eleições presidenciais americanas de 2012, o Facebook modificou o “feed de notícias” de dois milhões de usuários, o que gerou maior participação eleitoral. Em outros testes, a empresa tentou provar se é possível “contagiar emocionalmente” com otimismo usando notícias positivas.

Marra chamou a atenção do Vale do Silício em 2008, ao criar uma rede de robôs capaz de convencer de maneira autônoma usuários do Twitter de carne e osso. As máquinas conseguiam interagir com as pessoas e persuadi-los a serem seus seguidores.

O talento e o perfil de Marra são o expoente mais claro de uma tendência que vem se tornando norma: empresas de tecnologia decidem o consumo de notícias e robôs desempenham o papel de editores, uma profissão cada vez mais desvalorizada.

“A maneira que o algoritmo do Facebook funciona não é totalmente transparente”, explicou Karahalios, que reconhece que a estrutura do sistema de blindagem da rede social só é conhecido por alto.

Segundo ele, isso é muito delicado pela cada vez maior vontade da empresa de se tornar uma plataforma de propaganda.

Karahalios considera que, além do algoritmo, que analisa milhares de variáveis, o poder do Facebook reside na enorme quantidade de dados que podem ser processados e submetidos a técnicas de “machine learning”, a lógica de programação por trás da inteligência artificial.

 

Leia também: O Facebook te conhece melhor do que sua mãe e só precisa analisar 150 de seus curtir para isso.

________________________________________________________________

Fonte Original: http://revistagalileu.globo.com/Tecnologia/Internet/noticia/2015/02/como-um-engenheiro-do-facebook-se-tornou-responsavel-por-decidir-o-que-voce-le-na-internet.html


4 Comentários

Agharta, Badagas e Duat

CIDADES INTRATERRENAS

Segundo o conhecimento oculto, existem no seio da Terra 3 reinos internos denominados de Agharta, Badagas e Duat. Várias cidades se interligam entre si nesses reinos subterrâneos referidos  por vários autores como Francis Bacon, Thomas Moore, Tomaso Campanella, Bulwer Lytton, James Hilton, Alice Baley, René Guénon e outros.  O livro “São Thomé das Letras” de Oriental Luiz Noronha fala desse Mundo Subterrâneo e do contacto com alguns de seus habitantes que andam entre nós. 

 

Helena Petrova Blavastky, a grande teosofista russa, refere-se a Shamballa como a Capital ou o Centro do Mundo e o explorador polonês Ferdinand Ossendovski refere-se ao reino de Agartha habitado por milhões de indivíduos governados por um soberano, Rigden Jyepo. 

 

Ossendovski, faz referências a Agartha no seu livro Bestas, Homens e Deuses, mostrando que o povo oriental crê em tal facto, especialmente os hindus, tibetanos, mongóis e chineses. Diz-se mesmo que em determinados momentos toda a natureza se cala na superfície  para louvar o Rei do Mundo em suas manifestações no plano físico. No final do século XIX, o marquês Saint-Yves D’Alveydre viajou pela Índia e arredores e ouviu relatos semelhantes, que registrou na sua obra Missão da Índia.

 

 

Das várias cidades internas, Telos será uma das mais importantes com 1.500.000 habitantes remanescentes da Lemúria (antigo continente desaparecido), situada sob os montes Shasta, na Califórnia. Depois existe  Posid, com 1.300.000 habitantes remanescentes de Atlântida, localizada abaixo das planícies de Mato Grosso no Brasil. Na serra do Roncador situa-se Létha e outras mais sob o grande Continente sul americano. Uma outra será Shonshe, refúgio da cultura Uighur que fica nos Himalaias e sua entrada é protegida por um Monastério, e Shingwa fica localizada na fronteira da Mongólia com a China e uma pequena cidade secundária no Monte Lassen.

 

 

Telos significa “Comunicação com o Espírito”, tem forma de domo e é formada por cinco níveis. O primeiro nível concentra o comércio, educação e administração, além de um Templo em forma de pirâmide com capacidade para 50.000 indivíduos. A Ascensão é o objectivo principal da Comunidade onde não há dissenções religiosas de nenhuma espécie e sim compreensão da Unidade para os vários Planos da Eternidade.

 

Toda a população em Telos é vegetariana desde há 12.000 anos e ali não existem doenças ou violência devido a isso, contrariamente à população da superfície. A longevidade é uma característica dessa civilização avançada onde o envelhecimento dos corpos físicos é retardado podendo viver vários séculos pela sua condição genética, apesar de não serem imortais, pois isso só é possivel no plano do espírito e não da matéria perecível que é sempre passível de transformação em qualquer dimensão. 

 

Em Telos não existe dinheiro e todas as necessidades básicas de seus habitantes são supridas, não havendo a chamada luta de classes ou pela sobrevivência nem tão pouco as desigualdades sociais tão comuns na Sociedade humana.  

 

 

As ligações entre as várias cidades intraterrenas são feitas por imensos túneis por onde circulam veículos velozes, tipo Metro, que atravessam todo o globo interno, havendo outros veículos (os chamados Ovnis) que saiem para a superfície por aberturas nas montanhas e calotas polares por onde adentrou Richard Byrd nas suas viagens ao Polo Norte e Polo Sul, tendo contactado uma civilização mais avançada no interior da Terra onde esteve durante 20 dias, como descreve no seu Diário que conservou secreto até à sua morte em 1957, pois esteve impedido pelo governo de seu país de dizer ao mundo tudo o que vira e sabia.

 

Acredita-se por fim que muitos desses intraterrenos  se encontram atualmente na superfície do Planeta no sentido de ajudar a humanidade e desenvolver-se a vários níveis e fundir os dois mundos (interno e externo) para uma Sociedade mais perfeita, evoluída e avançada, sem guerras,  sem violência, sem injustiças e  desigualdades sociais, de mais respeito pela Vida, pela Natureza e amor pelos animais. 

 

Fonte: novaera-alvorecer.net